sábado, 21 de março de 2015

Ligação


Lembro de quando eu era criança e o telefone tocava de madrugada. Eu despertava assustada e ficava sem entender os olhares repletos de medo que meus pais trocavam. Mamãe caminhava pé ante pé como quem caminha para a forca, e atendia com uma voz rouca e trêmula que mal se ouvia. Da minha cama, fazia um enorme esforço para calar minha mente e ouvir as vozes lá fora. “Não, não pode ser! Tem certeza?”, foi tudo que ouvi minha mãe dizer antes de devolver o telefone ao gancho e desabar em um choro de criança. Deduzo que a resposta para a pergunta dela foi sim, mas não entendi o motivo daquela resposta doer tanto.
Não dormi mais depois disso. Imaginava mil situações, mas nenhuma parecia fazer sentido tamanha a angústia dos meus pais. Quis abraça-los e chorar junto, não sabia o porquê, mas aquilo também me doía.
A última vez que vi minha avó foi na manhã seguinte. Suas mãos mais pálidas que o habitual seguravam uma linda rosa vermelha que se destacava em seu vestido preto, o seu preferido se não me engano.
Anos se passaram, mas voltei no tempo essa noite. O telefone tocou. Fiquei um tempo deitada, esperando alguém atender, até que lembrei-me que eu era a única daquela casa. Caminhei pé ante pé com uma grande angústia no peito. Atendi. Não sei se deveria tê-lo feito. Agora não havia mais mãe para atender as ligações de madrugada, e pela primeira vez entendi a dor que cada palavra pronunciada pelo outro lado trazia. Desliguei com a certeza de que nunca gostaria de ter atendido.

sábado, 14 de março de 2015

Tag: Minha história em dez músicas

Por mais que todos os meus textos daqui sejam extremamente pessoais, acabo nunca conversando sobre algo abertamente aqui, sem ser em um texto emoldurado entre parágrafos e metáforas. Pois bem, decidi inovar um pouco e responder uma tag que vi no Depois dos quinze, conhecida como "Minha história em dez músicas". Como o próprio nome já diz, devo contar (ou ao menos tentar), um pouquinho sobre mim através do meu gosto musical. Não tenho um gosto muito definido... Apesar que alguns gostam de defini-lo como "estranho". Mas vamos ao que interessa, né?

Uma música que te lembre um momento bom: All Night - Icona pop



domingo, 1 de março de 2015

Alguma relação qualquer entre a vida e jiló

Nunca provei jiló mas odeio. Jeito estranho de começar um texto, mas bem, que usem isso como uma metáfora ao invés de me julgarem como uma gulosa que só pensa com o estômago.
Voltando ao assunto, ou melhor, voltando à primeira frase, como você pode não gostar de algo que nunca experimentou? Ok, não te julgo, aquilo que eu disse é realmente verdade. Mas não me orgulho nem um pouco. Posso estar perdendo a melhor comida da minha vida (tá, pode rir agora), mas enquanto isso, você está aí perdendo a maior chance da sua vida: a de viver. Tente, arrisque, pule de cabeça, e o mais arriscado: ame. Esse último com certeza pode ser bem mais amargo que jiló, mas você precisa dar uma chance. Não pra ele, mas pra você mesma. Uma chance de gostar de alguém, de sentir algo. Não se prive falando que não sabe amar ou que não sente o mesmo, e muito menos não se faça acreditar que vai ser assim pra sempre e que nada pode mudar. 
A vida não é um filme cor de rosa da sessão da tarde com amores a primeira vista. Nem décimas, nem centésimas. Com sorte à milésima vista. E talvez assim seja melhor, ser conquistada pouco a pouco, sem perceber... Até que um dia.. BUM, você se dá conta. 
Vou confessar que já me decepcionei muito com isso. Esperava o The End de todo tamanho na tela seguido de um felizes para sempre. Até que um dia parei e percebi que uma vidinha cheia de imperfeições, reviravoltas e surpresas é melhor que qualquer filme clichê que todos já sabem o final.
Sabe, já tive tantas certezas absolutas que se dissolveram no dia seguinte e tantos "nuncas" que transformaram-se em "sempres" que hoje simplesmente prefiro deixar levar. Pense menos e viva mais. Deixe que as coisas tomem seu rumo.
Já sei, vamos fazer o seguinte: dê uma chance a vida que prometo que darei uma ao jiló, okay?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...