sábado, 27 de abril de 2013

Por um fio


As vezes penso em te libertar de mim. Ou o certo seria eu me libertar de você?
A cada dia que passa, o emaranhado de fios que liga minha razão a emoção se embola ainda mais. Estou repleta de nós causados por confusões suas, tento desatar e me embaraço ainda mais.
Tudo é questão de ponto de vista, sabe? A mesma corda que me segura e sustenta, me prende e enforca.
Em alguns momentos, sinto uma súbita vontade de pegar uma faca e acabar com tudo isso. Cortando os fios, é claro. Mas o que me restaria? Retalhos sem começo nem final.

6 comentários:

  1. Ótima escrita, relações são realmente feitas disso... Momentos de sufocamento mas tbm de algo tão diferente q não sei explicar (:

    nossoblogsecreto.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei

    http://arrasowl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Sempre única no jeito de escrever né, Ali? Lindo!! Até choro lendo. As coisas que vc escreve faz qualquer um voltar no tempo para cutucar sua caixinha de lembranças...

    ResponderExcluir
  4. Que textinho lindo! Adorei seu blog, realmente muito incrível, tem tudo para fazer o maior sucesso; Já estou seguindo, segue o meu também?
    www.espacegirl.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa que perfeição linda! parabéns você arrasa!
    Vim retribuir a visitinha e me deparei com um blog fantastico! E curti ... claro!
    Se você se interessar curte o meu também linda!

    http://www.porumminuto.com.br/

    Bjinhoss

    ResponderExcluir
  6. "A mesma corda que me segura e sustenta, me prende e enforca." muito bom!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...